S. Josemaria no Campus da Universidade de La Sabana (Colômbia)

Uma estátua de S. Josemaria encontra-se, desde o início deste ano, no centro da Praceta dos Arcos no Campus da Universidade de la Sabana na Colômbia.

Fotos e iconografia

Uma estátua de S. Josemaria encontra-se, desde o início deste ano, no centro da Praceta dos Arcos no Campus da Universidade de la Sabana na Colômbia.

A escultura original de 1,80 m. foi realizada em gesso no Oficina de Arte Angelis; posteriormente foi fundida em bronze. O artista que trabalhou a escultura é Luís Heraclio Guevara com os seus colaboradores; o desenho da escultura e a direção artística esteve a cargo do Arq. Arturo Guerrero Pérez. O trabalho de fundição em bronze foi da responsabilidade do artista Jorge Ávila.

O que se quis transmitir é o momento em que S. Josemaria se dirige a quem o ouve com um gesto significativo dos braços e mãos, como que animando os seus interlocutores a viverem o que ele lhes explicava; o rosto apresenta um leve sorriso, habitual também nele. As mãos – muito expressivas – foram também trabalhadas com cuidado extremo.

A Universidade de La Sabana manifesta deste modo o seu agradecimento àquele que sugeriu e acompanhou este empreendimento. Já desde os inícios dos anos 60, S. Josemaria Escrivá tinha animado diversos professores colombianos a promoverem uma iniciativa no âmbito do ensino superior. Em 1971 abriu as portas o Instituto Superior de Educação numa casa antiga mas acolhedora do bairro Chapinero, em Bogotá com dezanove alunos e sete professores. O que movia especialmente os fundadores da Universidade era a preocupação de formar profissionalmente os educadores das cidades e das zonas rurais remotas, oferecendo-lhes preparação científica exigente e formação humanística profundamente cristã. “É necessário – afirma o Fundador do Opus Dei em Questões atuais do Cristianismo - que a Universidade incuta nos estudantes uma mentalidade de serviço: serviço à sociedade, promovendo o bem comum através do trabalho profissional e da atuação pública. Os universitários devem ser responsáveis, sentir uma sã inquietação pelos problemas dos outros e um espírito generoso que os leve a enfrentar estes problemas e a procurar encontrar para eles a melhor solução. É missão da Universidade dar tudo isso aos estudantes.” (Questões atuais do Cristianismo, n. 74).

Atualmente, o Campus da Universidade de La Sabana, com mais de 60 hectares, encontra-se sedeado no Município de Chia a poucos quilômetros de Bogotá, capital da Colômbia, e o número dos professores é de 266.