Filhos de Deus em Cristo

Qual o fundamento do espírito do Opus Dei?

Entrevistas

A consciência viva de ser filhos de Deus por nossa incorporação a Cristo no Batismo e pela ação do Espírito Santo. Os fiéis do Opus Dei procuram que esta convicção, elemento essencial da fé cristã, impregne de tal forma seu modo de ser e seu comportamento, que se converta em ponto de referência constante, em qualquer circunstância da existência.

Um membro da Obra se esforçará para que o seu trabalho seja o trabalho de um filho de Deus; portanto, procurará realizá-lo com perfeição humana e retidão de intenção, procurando apenas a glória de Deus e o serviço aos outros. Ao rezar, dirigir-se-á a Deus como a um Pai carinhoso, a quem abre o coração confiadamente em qualquer tempo e lugar.

Quando descanse ou procure uns instantes de lazer, terá consciência de encontrar-se sempre sob o olhar amoroso de seu Pai do céu, e evitará tudo o que possa desagradá-lo. Enfim, esmerar-se-á -lutando contra as próprias limitações e defeitos- por cumprir todos os seus deveres pessoais e sociais, civis e religiosos, com a alegria de ser filho de Deus em Cristo.

A Prelazia do Opus Dei orienta constantemente, com esta perspectiva, a formação doutrinal, espiritual e apostólica que proporciona aos seus fiéis.

"LE NOUVEL INFORMATEUR CATOLIQUE", Montreal, 21/01/2001.