Video: “A fé aos 20”

A página web do Opus Dei inicia uma série de vídeos nos quais jovens de diversos países narram como vivem a fé em sua vida ordinária. No clip de introdução, alguns explicam em poucas palavras o que é para eles a fé.

O Ano da fé

O que é a fé?

A fé para mim é força que me faz ir para frente.

É encontrar um caminho na vida, e fazer que cada coisa seja bela, e ter assim uma razão para viver.

A fé é a essência para o cristão. Sem a fé, penso, não somos ninguém.

Ter fé é crer em Deus e abandonar-me em suas mãos.

É crer sem condições, entregar-se e confiar plenamente nEle.

A fé é um presente que me dá a força para perseverar em minha busca da verdade, o bem e a beleza em todas as coisas.

A fé é a coisa mais importante em nossa vida.

É aceitar a Deus em nossa vida e, pouco a pouco, fazer-nos amigos seus, querê-lo.

É como uma luz que me guia e me ensina como chegar ao Céu, que é como o sol. A fé é como uma luz que vai ao sol uma luz que me leva a sua fonte: o Céu.

Te dá um objetivo na vida.

É encontrar o sorriso de Deus nas coisas de todos os dias.

É uma força que muda minha vida e me converte em uma pessoa nova diariamente.

A fé dá um sentido as minhas atividades ordinárias.

É um raio de esperança que sabes que nunca se apagará.

É confiar em Deus e não só na razão do homem.

Ter fé é falar com Deus, e orientar tua vida para Ele. Deste modo, mesmo que tenhas dificuldades e problemas, nunca deixas de caminhar para frente.

E isto te transforma, estás mais contente, estás feliz, te sentes querida.

A fé me ajuda a fazer melhor o que já faço. Não só o que os outros podem ver, mas também os pequenos detalhes que normalmente não se notam.

A fé nos permite seguir vivendo dia a dia com mais força, ajudar aos outros e, portanto, conseguir que os demais sejam felizes como nós. A fé nos permite regozijar-nos com Ele.

“Que este Ano da fé faça cada vez mais forte a relação com Cristo, o Senhor, pois só nEle teremos a certeza para olhar para o futuro e a garantia de um amor autêntico e duradouro". Bento XVI, Porta Fidei