O bispo de Cáceres benze uma imagem de S. Josemaria

O Bispo de Coria-Cáceres, D. Francisco Cerro Chaves, benzeu na tarde de sábado, 14 de fevereiro, uma imagem de S. Josemaria no Centro Pastoral Jesus Cristo Ressuscitado, de Cáceres. Esta imagem junta-se às de outros santos do século XX que se encontram já à veneração no referido templo, a Beata Teresa de Calcutá e S. Pio de Pietrelcina.

Notícias

O Bispo de Coria-Cáceres, D. Francisco Cerro Chaves, benzeu na tarde de sábado, 14 de fevereiro, uma imagem de S. Josemaria no Centro Pastoral Jesus Cristo Ressuscitado, de Cáceres. Esta imagem junta-se às de outros santos do século XX que se encontram já à veneração no referido templo, a Beata Teresa de Calcutá e S. Pio de Pietrelcina.

Na Missa a que presidiu de seguida, D. Francisco Cerro realçou a atualidade da mensagem de S. Josemaria; destacou o chamamento universal para a santidade no meio do mundo; e estabeleceu um paralelismo entre o seu dinamismo apostólico e o impulso evangelizador do Papa Francisco. Concelebraram com o Bispo oito sacerdotes, e assistiram numerosas famílias.

Depois de terminada a Missa, o autor da nova imagem, o conhecido escultor de imagens, de Sevilha, António Dubé, explicou como tinha procurado representar o caráter aberto e jovial de S. Josemaria na sua escultura.

Na 6ª feira, dia 13, a jornalista Pilar Urbano proferiu uma conferência: “S. Josemaria, homem de contrastes” no Centro Pastoral Jesus Cristo Ressuscitado como preparação dos eventos de sábado. A autora falou sobre a vigorosa humanidade de S. Josemaria que ia a par com o exercício humilde das virtudes cristãs.