Centenas de visitas recordando Dom Javier

Há um ano do falecimento de Javier Echevarría, jovens do Brasil organizam visitas solidárias relembrando seus ensinamentos sobre essa obra de misericórdia.

Iniciativas Sociais
Opus Dei - Centenas de visitas recordando Dom Javier Visita realizada pelas estudantes de Ribeirão Preto.

Durante as primeiras semanas de dezembro, dezenas de estudantes que participam dos meios de formação dos centros da Prelazia, dedicaram-se a visitar casas de repouso, escolas e bairros necessitados em diversas cidades do Brasil. Laís Gomes, coordenadora do projeto Jornadas Solidárias em Brasília, conta que costumam promover visitas quinzenalmente nos bairros Morro Cruz, Vila do Boa, São José, São Sebastião, acompanhando mais de 60 famílias. “Estas visitas são uma maneira prática de viver os dias que a Igreja dedica à novena à Imaculada, secundando os ensinamentos de São Josemaria. Este ano, relembramos especialmente a D. Javier, que tanto nos impulsionou a estar próximo de quem necessita, como uma forma de identificar-se com Cristo”, afirmou.

Voluntárias do projeto "Jornadas Solidárias", de Brasília, durante uma das visitas realizadas.

Thaís Branco, estudante de Geografia frequenta o Centro Cultural Vereda e reuniu amigas que organizaram uma tarde de jogos na casa de repouso Vila Mariana, em São Paulo. Pediram colaboração a amigos e familiares, e com o dinheiro arrecadado compraram material para os idosos poderem realizar várias atividades nos tempos livres. “Quando vamos ao asilo conversamos com eles, cantamos, fazemos jogos..., mas nos questionamos: e o que podemos fazer para tornar mais agradável o seu dia a dia? E decidimos trazer esta caixa com vários jogos e outras atividades que podem fazer”.

Estudantes de São Paulo realizam atividades em um asilo.

Vitória Volpato, estudante de Relações Internacionais e outras universitárias de Porto Alegre prepararam atividades lúdicas para um grupo de crianças em uma creche. “Sempre saímos muito enriquecidas dessas visitas. Mesmo que seja uma ação aparentemente pequena, ficamos com a certeza de que estamos preparando um bom Natal para elas e para nós”, contou Vitória. Outras iniciativas como essas também ocorreram em Fortaleza, Londrina, Curitiba, Ribeirão Preto, Campinas, Rio de Janeiro, Niterói, Belo Horizonte e São José dos Campos.

Vitória durante a entrega de presentes, em Porto Alegre.

Desde o início do Opus Dei, São Josemaria gravou nos que estavam recebendo formação ao seu lado o grande desejo cristão de ir ao encontro dos pobres, dos que carecem de meios materiais; e procurou com gentileza os necessitados e outros que procuravam esconder a sua pobreza com dignidade. Chamava-os de "os pobres da Virgem" e visitava-os regularmente nos sábados, em honra de Nossa Senhora. Praticava esta obra de misericórdia sem humilhar. E sugeria aos rapazes que o acompanhavam, dar um pouco dinheiro ou algo divertido para ler, alguns brinquedos para as crianças... e, acima de tudo, transmitia-lhes carinho, conversa, verdadeiro interesse pelas suas necessidades e problemas, porque viam neles - com alegria – que estavam trabalhando com seus irmãos.

Durante o bingo organizado pelas estudantes, em São Paulo

Com os nossos cuidados, com a nossa presença, com os nossos serviços, inclusive com uma simples chamada telefônica. Poderemos assim lhes distrair da dor ou da solidão, escutar com paciência as suas preocupações, transmitir-lhes carinho e fortaleza para que reajam com dignidade perante suas circunstâncias. D. Javier Echevarría, 2016.

Estudantes de Fortaleza durante uma visita em uma casa de repouso.