A alegria de dar

Devemos conduzir-nos de tal forma que os outros possam dizer, ao olhar para nós: este é cristão porque não odeia, porque sabe compreender, porque não é fanático, porque domina seus instintos, porque é sacrificado, porque manifesta sentimentos de paz, porque ama. (São Josemaria)

Cooperadores do Opus Dei
Opus Dei - A alegria de dar

Muitos fiéis da prelazia do Opus Dei e cooperadores católicos e não católicos, junto com outras muitas pessoas, promovem, no mundo inteiro, centros educativos, assistenciais e culturais, para ir ao encontro, na medida do possível, das necessidades do seu próprio país ou ambiente, sem discriminações de raça, religião ou condição social. “É preciso travar — dizia São Josemaria — uma grande batalha contra a miséria, contra a ignorância, contra a doença, contra o sofrimento".

Entre esses projetos encontram-se universidades, escolas de formação profissional, hospitais, centros de formação e capacitação para a mulher, residências de estudantes, colégios, ambulatórios, etc. São iniciativas civis de caráter profissional, cujo principal foco são as pessoas. São Josemaria explicava que “o nosso espírito é, precisamente, estimular que as iniciativas surjam da base, e, dado que as circunstâncias, necessidades e possibilidades de cada nação ou grupo social são peculiares e extraordinariamente diversas entre si, em cada país organizam-se as atividades apostólicas concretas que julguem mais convenientes: desde um centro universitário ou uma residência de estudantes, até um ambulatório ou uma escola agrícola para camponeses".