1º de outubro: Audiência com o Papa Francisco

O Papa Francisco animou os 15.000 peregrinos que foram a Roma depois da beatificação de Álvaro del Portillo a pedir auxílio ao novo Bem-aventurado, para que “a sua intercessão e exemplo os ajude a responder com generosidade ao chamamento de Deus à santidade e ao apostolado”.

Notícias

Umas 15.000 pessoas foram a Roma para celebrar a beatificação de Álvaro del Portillo – ocorrida no dia 27 de setembro em Madri – e assistiram à audiência com o Papa Francisco na manhã do dia 1º de outubro, para manifestar assim a sua união com o Santo Padre e o agradecimento pela beatificação.

O Papa Francisco dirigiu-se especialmente a eles, dizendo: “Saúdo a D. Javier Echevarría, prelado do Opus Dei, e também aos fiéis da Prelazia aqui presentes para agradecer a Deus pela beatificação de D. Álvaro del Portillo. "Que a intercessão e o exemplo do novo bem-aventurado os ajude a responder com generosidade ao chamamento de Deus à santidade e ao apostolado na vida ordinária, a serviço da Igreja e da humanidade inteira. Muito obrigado e que Deus os abençoe."


D. Javier Echevarría: Obrigado, Santo Padre!

“Neste momento de profunda alegria – explicou D. Javier Echevarría, prelado do Opus Dei – quero agradecer ao Papa Francisco pela beatificação deste bispo que amou e serviu tanto à Igreja. Peçamos a D. Álvaro pelas intenções do Santo Padre: a renovação apostólica e o serviço a Deus de todos os cristãos, a promoção e ajuda aos mais necessitados, o próximo Sínodo sobre a família, a santidade dos sacerdotes."

José Ignacio cumprimenta o Papa

José Ignacio, o menino chileno que foi curado milagrosamente por intercessão de D. Álvaro, pôde cumprimentar o Santo Padre no final da audiência. “O Papa pediu para eu rezar por ele", conta. Os pais do menino estavam junto dele e sua mãe explicou: “Entregamos ao Papa as petições que tínhamos colocado junto da relíquia do bem- aventurado Álvaro. Foram momentos de muita alegria e gratidão". Acrescentou: “dissemos que no Chile rezamos muito por ele e pelas suas intenções. Estamos muito comovidos, foram dias de agradecimento, cheios de bênçãos, com pessoas muito carinhosas que se aproximaram de nós".

Seu marido, Javier Ureta, acrescentou: “é uma grande alegria, porque apesar da dor, aqueles momentos em que José Ignacio ficou doente, transformaram-se numa benção gigante para todo mundo. Além disso, destaca a imagem de D. Álvaro como exemplo de vida e caminho para a santidade. Pedimos ao Papa uma benção pelos 15 anos de casamento e disse-nos que sejamos exemplo de um 'casal para sempre'".

Audio com as palavras do Papa